Submarino.com.br

Visão Geral | Legislação | Livros | Faq do PPRA | Faq do PPP | Artigos | Links | Pesquisa | Autor


Segurança em Eletricidade

Perguntas e Respostas
por Ricardo Mattos
(traduzido livremente, com adaptações, da página da Associação Internacional de Inspetores Eletricistas - International Association of Electrical Inspectors)

1- Como as pessoas podem se proteger dos acidentes relacionados com Eletricidade?
Todos devem checar os sistemas elétricos de suas casas e locais de trabalho, em especial as tomadas e as extensões para terem certeza de que elas não estão sobrecarregadas. Devem examinar a fiação elétrica para terem certeza que não há fios desencapados, danificados ou colocados sob tapetes ou carpetes. Se forem fazer pequenos reparos, como a troca de um fusível ou disjuntor, devem chamar um profissional qualificado que conheça os riscos de se trabalhar com eletricidade. Não permita que sejam realizados serviços com a energia ligada, muito menos por leigos curiosos. Lembre-se que o que está em jogo é o seu patrimônio, a sua vida e da sua família.

2- Se eu tenho uma casa ou escritório antigo, com a instalação elétrica antiga, como posso saber se é necessário uma reforma?
Sistemas elétricos envelhecem e podem tornar-se sobrecarregados, particularmente em casas ou edifícios antigos. Com o passar dos anos, mais lâmpadas, dispositivos e equipamentos são acrescentados, o sistema elétrico torna-se ultrapassado e os problemas se desenvolvem. Fusíveis ou disjuntores podem queimar ou desarmar freqüentemente. Interruptores e tomadas ficam aquecidos. A intensidade das lâmpadas varia muito com o funcionamento de outros aparelhos. Esses sintomas revelam que a instalação está com problemas. Novos circuitos e outros reparos podem ser necessários.

3- Para que serve um plugue de três pinos? Qual a vantagem de utilizá-lo?
O terceiro pino fornece um caminho para a terra para a corrente elétrica que está "escapando" do circuito elétrico normal por falha no isolamento do equipamento. Isso ajuda a proteger o equipamento e, em alguns casos, a prevenir o choque elétrico. Porém, para que este terceiro pino cumpra este papel, a instalação elétrica deve possuir o condutor de proteção ( o fio-terra ) chegando até a tomada.

4- E os plugues que têm pinos de tamanho diferentes, para que servem?
Os plugues polarizados são aqueles com um dos pinos mais largo ou maior do que o outro. Essa característica garante que o plugue seja inserido na posição correta, isto é, os condutores fase e neutro da tomada ligados adequadamente nos equipamentos. Isso também pode ajudar a prevenir o choque elétrico, porém não é um padrão nacional e sua aplicação também está vinculada à correta instalação elétrica da edificação.

5- O que é um interruptor de corrente de fuga? Como ele funciona?
Sua denominação completa é dispositivo de proteção a corrente diferencial-residencial (dispositivo DR). É um dispositivo de prevenção de choques elétricos. Ele monitora constantemente o fluxo da corrente elétrica de um circuito para detectar qualquer alteração. Se a corrente apresentar um desequilíbrio, ou seja, valores diferentes na entrada e saída do circuito, o dispositivo interrompe o circuito, prevenindo acidentes. A vantagem de utilizá-lo é que ele pode detectar variações bem pequenas para as quais os fusíveis e disjuntores comuns não atuam.

6- Com o uso desses interruptores, não há risco de choque elétrico?
Se ele está instalado corretamente, vai atuar rápido e limitar o tempo de exposição ao choque. O choque ainda pode existir mas suas consequências estão limitadas pelo tempo de exposição.

7- Há vantagens de se utilizar disjuntores no lugar de fusíveis?
Os disjuntores podem ser religados depois que atuam enquanto os fusíveis operam apenas uma vez e devem ser substituídos. Em alguns casos, determinados pelos projetistas, os disjuntores permitem ajustes do tempo de atuação, favorecendo um funcionamento mais específico da proteção dos circuitos. Em qualquer caso, se os disjuntores ou fusíveis atuam repetidamente é necessária a intervenção de um técnico pois deve haver algum problema na instalação.

8- Quem deve executar serviços nas Instalações Elétricas?
Obras de reforma ou ampliação em instalações elétricas devem ser feitas por profissionais ou empresas registradas no CREA - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, com a exigência da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Essa é uma garantia de um serviço realizado por profissionais habilitados. Procure o Conselho Federal - CONFEA ou CREA do seu Estado ou uma de suas Inspetorias Regionais.


Volta à relação de artigos.

Volta à página principal.


Esta página foi elaborada pelo Engenheiro Eletricista e Engenheiro de Segurança Ricardo Pereira de Mattos